Faça a diferença na vida de milhões de pessoas

Jamaica: Paulette Wellington busca justiça pela morte de seu filho

Sheldon negou todas as acusações e nenhuma evidência concreta foi apresentada pelos policiais. Ainda assim, ele foi levado sob custódia para um lugar próximo de casa, onde foi executado por policiais.

AÇÃO URGENTE: Cuba, liberte imediatamente o ativista Eduardo Cardet!

Cinco dias após a morte de Fidel Castro, o ativista de direitos humanos Eduardo Cardet foi preso. Desde 20 de novembro até hoje, ele permanece detido na cidade de Holguin. Exija sua libertação!

Posicione-se contra o discurso de ódio de Trump e a favor dos refugiados!

No momento em que é necessário MAIS acolhimento, Trump criou um decreto que paralisa o programa de acolhida de pessoas refugiadas dos EUA e proíbe entrada da população de 7 países do mundo.

Mais Ações
Seja um Defensor
da Liberdade

Sua contribuição é fundamental para a continuidade do nosso trabalho.

Doe agora
Junte-se à Anistia

Faça parte desse movimento global.

Faça parte

Assine a Newsletter

Fique por dentro das notícias da Anistia Internacional Brasil.

Obrigado por se cadastrar, em breve você receberá mais informações da Anistia Internacional Brasil.

Notícias

23.02

Debate “Mulheres negras na resistência e mobilização por direitos humanos” lota cine Odeon, RJ

Anistia Internacional lançou o relatório anual “O Estado dos Direitos Humanos no Mundo 2016/2017” com o debate “Mulheres negras na resistência e mobilização por direitos humanos”.

21.02

Américas: Políticas de ódio causam revés histórico nos direitos humanos

A desigualdade e a impunidade são os principais obstáculos para o pleno gozo dos direitos humanos nas Américas

21.02

‘Política da demonização’ gera divisão e medo

O relatório, O Estado dos Direitos Humanos no Mundo, apresenta a análise mais abrangente do estado dos direitos humanos em todo o globo, incluindo 159 países.

Mais notícias

Blog

27.01

México deve dar as costas a retórica anti-refugiados de Trump

Novo presidente dos EUA, após uma campanha anti-direitos humanos, apresenta um futuro de medo para milhares de pessoas dentro e fora das fronteiras do país.

24.01

Defendendo os direitos humanos na administração do presidente Trump

Em 20/01, os olhos do mundo estavam em Washington. Trump assumiu a responsabilidade pela defesa das leis do país, incluindo as obrigações com a proteção dos direitos humanos em casa e no exterior.

Mais Posts

VOZES PELOS
DIREITOS HUMANOS

"Para quem é da favela, todo dia é dia de luta! Em pensar que tempos atrás a perspectiva era mínima. Hoje a nossa voz vai além da fronteira nacional."

Raull Santiago, midiativista do Complexo do Alemão