Faça a diferença na vida de milhões de pessoas

Jamaica: Paulette Wellington busca justiça pela morte de seu filho

Sheldon negou todas as acusações e nenhuma evidência concreta foi apresentada pelos policiais. Ainda assim, ele foi levado sob custódia para um lugar próximo de casa, onde foi executado por policiais.

AÇÃO URGENTE: Cuba, liberte imediatamente o ativista Eduardo Cardet!

Cinco dias após a morte de Fidel Castro, o ativista de direitos humanos Eduardo Cardet foi preso. Desde 20 de novembro até hoje, ele permanece detido na cidade de Holguin. Exija sua libertação!

Posicione-se contra o discurso de ódio de Trump e a favor dos refugiados!

No momento em que é necessário MAIS acolhimento, Trump criou um decreto que paralisa o programa de acolhida de pessoas refugiadas dos EUA e proíbe entrada da população de 7 países do mundo.

Mais Ações
Seja um Defensor
da Liberdade

Sua contribuição é fundamental para a continuidade do nosso trabalho.

Doe agora
Junte-se à Anistia

Faça parte desse movimento global.

Faça parte

Assine a Newsletter

Fique por dentro das notícias da Anistia Internacional Brasil.

Obrigado por se cadastrar, em breve você receberá mais informações da Anistia Internacional Brasil.

Notícias

21.02

Américas: Políticas de ódio causam revés histórico nos direitos humanos

A desigualdade e a impunidade são os principais obstáculos para o pleno gozo dos direitos humanos nas Américas

21.02

‘Política da demonização’ gera divisão e medo

O relatório, O Estado dos Direitos Humanos no Mundo, apresenta a análise mais abrangente do estado dos direitos humanos em todo o globo, incluindo 159 países.

21.02

“Nenhuma crise pode ser justificativa para perda de direitos”, afima a Anistia Internacional em novo relatório

O capítulo brasileiro do relatório destaca graves violações no que diz respeito ao direito à vida: a violência no campo e na cidade, que afeta prioritariamente jovens negros e lideranças rurais.

Mais notícias

Blog

27.01

México deve dar as costas a retórica anti-refugiados de Trump

Novo presidente dos EUA, após uma campanha anti-direitos humanos, apresenta um futuro de medo para milhares de pessoas dentro e fora das fronteiras do país.

24.01

Defendendo os direitos humanos na administração do presidente Trump

Em 20/01, os olhos do mundo estavam em Washington. Trump assumiu a responsabilidade pela defesa das leis do país, incluindo as obrigações com a proteção dos direitos humanos em casa e no exterior.

Mais Posts

VOZES PELOS
DIREITOS HUMANOS

"Para quem é da favela, todo dia é dia de luta! Em pensar que tempos atrás a perspectiva era mínima. Hoje a nossa voz vai além da fronteira nacional."

Raull Santiago, midiativista do Complexo do Alemão