Anistia Internacional realiza ação na cidade durante Amanhecer por Marielle e Anderson

Imprimir
14 de abril de 2018 Segurança pública Defensores de direitos humanos Liberdade de expressão

Ativistas da Anistia Internacional colaram cartazes na área próxima à Divisão de Homicídios da capital com a pergunta “Quem Matou Marielle?”.

.

A Anistia Internacional realizou nesta manhã, 14 de abril, data em que se relembra um mês do assassinato de Marielle Franco, uma ação de ativismo e intervenção urbana com a presença de ativistas na região próxima a Delegacia de Homicídios, que é a responsável pela investigação do caso.

.

Durante a ação foram colados materiais do tipo lambe-lambe com a frase “Quem matou Marielle?” em muros e postes da região próxima a DH da capital, na Barra da Tijuca.

.

.

“A Anistia Internacional cobra das autoridades responsáveis que reafirmem o compromisso de investigar quem matou e quem mandou mandar Marielle Franco e Anderson Gomes”, afirma Renata Neder, coordenadora de pesquisa da Anistia Internacional.

“O assassinato de Marielle, uma mulher negra, a 5ª vereadora mais votada da cidade do Rio de Janeiro, defensora de direitos humanos, é um crime emblemático. Quem mata um defensor dos direitos humanos em geral não quer silenciar apenas aquela pessoa, mas quer provocar uma espiral de medo e silêncio, quer desmobilizar um grupo e uma luta. Nāo deixaremos isso acontecer. Seguiremos mobilizados em memoria de Marielle e cobrando uma resposta do estado”, pontua Neder.

.

Um grupo de ativistas da Anistia Internacional estará presente na caminhada que acontece hoje, na parte da tarde, saindo da Lapa e chegando ao Estácio, refazendo o último trajeto realizado por Marielle, antes de ser assassinada.

.

Confira imagens da ação Amanhecer por Marielle e Anderson da Anistia Internacional no Rio de Janeiro. Fotos: Lucas Jatobá.

.

Saiba mais

Assine por Justiça para Marielle!

Brasil: Autoridades devem dar uma resposta sobre quem matou Marielle Franco

14 de abril de 2018 Segurança pública Defensores de direitos humanos Liberdade de expressão

Mais Notícias

16 de março de 2020 | Desenvolvimento

Anistia Internacional Brasil adota medidas de prevenção à Covid-19

Equipe atuará no país em esquema de trabalho remoto, para evitar que funcionários e funcionárias transitem pelo Rio de Janeiro, expondo-se a riscos

9 de março de 2020

Marielle, mulher como inúmeras brasileiras!

Dona de um carisma único, a filha, irmã, mãe, ativista e vereadora viveu em sua vida pública com a mesma coerência da cidadã, moradora e cria da Maré.

27 de fevereiro de 2020 | Direitos sexuais e reprodutivos Política internacional Defensores de direitos humanos Liberdade de expressão Mulheres LGBTI Conflitos Discriminação Terra Indígenas e populações tradicionais Remoções forçadas Violência policial Migrantes

Da retórica à prática: 2019 foi um ano marcado por retrocessos para os direitos humanos no Brasil, mostra relatório

Documento traz também análise sobre a situação na região das Américas e aponta preocupações com direito ao protesto e direitos de migrantes, refugiados e candidatos a asilo
Carregar mais notícias