Administração de Trump pode bloquear asilo para centro-americanos

Imprimir
31 de maio de 2019 Política internacional Migrantes

A administração Trump está, de acordo com relatos, considerando proibir qualquer pessoa que transite através de um terceiro país em busca de asilo na fronteira sul dos EUA. Tal política efetivamente impediria qualquer pessoa, além dos mexicanos e canadenses, de buscar asilo nos Estados Unidos. Em resposta, Charanya Krishnaswami, Diretora de Advocacy para as Américas da Anistia Internacional EUA, fez a seguinte declaração:

“Buscar asilo é um direito humano, ponto final. Esta última política é um exemplo repugnante de quão longe a administração Trump vai para negar proteção das pessoas. Em vez de tomar medidas sensatas para consertar a crise que eles mesmos criaram, eles optam por promover sua agenda de ódio e medo contra mães, pais, filhos e qualquer outra pessoa que tenha sido forçada a fugir de suas casas e que não tenha outro meio para procurar segurança. Fechar efetivamente a fronteira para os centro-americanos e a grande maioria das pessoas que buscam asilo não apenas viola as obrigações de direitos humanos, mas também demonstra enorme crueldade ”.

>> Ajude a Anistia Internacional a derrubar o muro de Trump

Contexto

A Anistia Internacional fez várias missões na fronteira para documentar em primeira mão os custos humanos das muitas barreiras já existentes contra os requerentes de asilo. Estes incluem a prática de “medição”, que mantém, ilegalmente, que os requerentes de asilo esperem no México pela sua vez de pedir asilo nos portos de entrada; e a perigosa política “Permaneça no México”, que os repõe à força no México, enquanto eles lutam pelo seu direito de buscar asilo nos Estados Unidos. A Anistia Internacional pediu que essas políticas prejudiciais acabem imediatamente.

.

Saiba mais

Quer ajudar a mudar essa realidade? Nos ajude a derrubar o muro de Trump!

É hora de mudar a postura e proteger os direitos humanos na fronteira do México e EUA

EUA: Administração de Trump viola descaradamente os direitos humanos de famílias separadas

31 de maio de 2019 Política internacional Migrantes

Mais Notícias

22 de maio de 2020 | Segurança pública Defensores de direitos humanos

NOTA: “Armas não salvam vidas e não são as respostas para necessidades urgentes neste momento de pandemia”, afirma Anistia Internacional

A Anistia Internacional repudia a ameaça de armar a população, proferida pelo Presidente da República Jair Bolsonaro durante reunião ministerial de 22 de abril de 2020.

19 de maio de 2020 | Segurança pública Violência policial

NOTA: Operações policiais durante pandemia da COVID-19

No meio de uma pandemia, quando os esforços deveriam estar voltados para garantir saúde e vida, o Estado do Rio se faz presente nas favelas levando violência e morte.

19 de maio de 2020 | Discriminação

Américas: direitos de profissionais de saúde na linha de frente da pandemia de COVID-19 ameaçados

O relatório instiga os países da região a priorizar e proteger os direitos dos profissionais de saúde durante e depois da pandemia.
Carregar mais notícias