Anistia Internacional disponibiliza materiais educativos sobre Direitos Humanos

Imprimir
31 de janeiro de 2018 ___

A Anistia Internacional está trazendo uma novidade para educadoras e educadores que têm interesse em trabalhar Direitos Humanos com seus estudantes!

.

Ao inscrever-se no formulário, você receberá em seu e-mail o link para download dos guias de Educação em Direitos Humanos da campanha Escreva por Direitos. São quatro cadernos, cada um contendo uma metodologia diferente para temas da maior relevância: direito à liberdade e ao julgamento justo; responsabilidade e poder da polícia; direito ao protesto; e direito a defender os direitos humanos.

.

Além dos guias, você ainda receberá nas próximas semanas três materiais com conteúdo e proposta de atividades didáticas envolvendo temas como violência, direitos sexuais e reprodutivos. 

.

Participe dessa jornada conosco! A educação é um processo essencial na luta por direitos e tratar de temas relacionados aos Direitos Humanos, dentro e fora da sala de aula, é um grande avanço para a sociedade – ainda mais nesse ano que se inicia. Seguimos juntos!

.

Inscreva-se aqui

31 de janeiro de 2018 ___

Mais Notícias

22 de maio de 2020 | Segurança pública Defensores de direitos humanos

NOTA: “Armas não salvam vidas e não são as respostas para necessidades urgentes neste momento de pandemia”, afirma Anistia Internacional

A Anistia Internacional repudia a ameaça de armar a população, proferida pelo Presidente da República Jair Bolsonaro durante reunião ministerial de 22 de abril de 2020.

19 de maio de 2020 | Segurança pública Violência policial

NOTA: Operações policiais durante pandemia da COVID-19

No meio de uma pandemia, quando os esforços deveriam estar voltados para garantir saúde e vida, o Estado do Rio se faz presente nas favelas levando violência e morte.

19 de maio de 2020 | Discriminação

Américas: direitos de profissionais de saúde na linha de frente da pandemia de COVID-19 ameaçados

O relatório instiga os países da região a priorizar e proteger os direitos dos profissionais de saúde durante e depois da pandemia.
Carregar mais notícias