Etiópia: fechamento da “câmara de tortura” pode ser um novo capítulo para os direitos humanos

Imprimir
4 de janeiro de 2018 Política internacional Liberdade de expressão Tortura
Elvert Xavier Barnes

Em resposta ao anúncio do primeiro-ministro etíope Hailemariam Desalegn de que todos os prisioneiros políticos serão libertados e que um infame centro de detenção será fechado, Fisseha Tekle, pesquisadora da Etiópia na Anistia Internacional, declarou: ”O anúncio de hoje pode sinalizar o fim de uma era de repressão sangrenta na Etiópia. Para os prisioneiros que passaram anos encarcerados por acusações políticas e falsas acusações, isso já passou da hora.

.

“A maioria foi detida apenas por exercer pacificamente seus direitos humanos, e, em primeiro lugar, nunca deveria ter sido presa. Pedimos que as autoridades etíopes implementem a decisão de hoje o mais rápido possível e que liberem os presos de forma incondicional. As autoridades também devem revogar ou alterar substancialmente as leis repressivas sob as quais foram presos, incluindo a rigorosa Proclamação Antiterrorismo.

.

“Enquanto os planos para fechar o famoso centro de detenção de Maekelawi são bem-vindos, o encerramento não deve ser usado para ignorar os eventos terríveis que aconteceram por lá. Durante anos, Maekelawi funcionou basicamente como uma câmara de tortura usada pelas autoridades etíopes para interrogar dissidentes de maneira violenta, incluindo manifestantes, jornalistas e figuras da oposição.

.

“Um novo capítulo para os direitos humanos só será possível se todas as acusações de tortura e outros maus tratos forem efetivamente investigados e os responsáveis forem julgados. Também pedimos investigações sobre as dezenas de desaparecimentos forçados que ocorrem desde 1991 – não é suficiente libertar dissidentes pacíficos, enquanto o destino de muitos outros permanece desconhecido “.

.

Saiba mais

Etiópia: Após um ano de protestos, é hora de enfrentar as graves violações de direitos humanos

‘Política da demonização’ gera divisão e medo

4 de janeiro de 2018 Política internacional Liberdade de expressão Tortura

Mais Notícias

21 de setembro de 2018 | Política internacional

México: Tribunal Federal confirma decisão de criar comissão especial de investigação para o caso Ayotzinapa

A comissão especial de inquérito é uma esperança para as famílias dos estudantes

20 de setembro de 2018 | Defensores de direitos humanos

Seis meses sem resposta: arte urbana por Marielle Franco nos muros do Brasil e Portugal

No Brasil, ativistas de diversos estados criaram painéis em homenagem a Marielle e, em Portugal, festival de arte urbana dedicará um mural à brasileira.

20 de setembro de 2018 | Segurança pública Política internacional Violência policial

Venezuela: Autoridades têm o dever de parar de criminalizar e matar jovens vivendo na pobreza

O relatório evidencia a responsabilidade do Estado venezuelano por violações do direito à vida e à integridade física de milhares de pessoas.
Carregar mais notícias