Projeto Banana-Terra lança manual para jovens que querem mudar o mundo

Imprimir
12 de setembro de 2019 Defensores de direitos humanos Mulheres LGBTI Indivíduos em risco Terra Indígenas e populações tradicionais
Capa do manual oferecido a jovens ativistas

O Projeto Banana-Terra - uma parceria entre os escritórios brasileiros da Anistia Internacional e do Greenpeace – lançou, na última quarta-feira, dia 11 de setembro, o manual Semeando Poder – Um Guia Para Mudar o Mundo. Ele apresenta passos e ferramentas para ajudar jovens que querem promover as mudanças com as quais sonham.

Quem baixar o material – que é gratuito! – terá acesso a exercícios práticos sobre como criar e colocar em prática projetos, como fazer isso com segurança, como comunicá-los de forma eficiente para outras pessoas e também como medir se sua empreitada está ou não tendo sucesso.

Todo o conteúdo do manual foi oferecido durante as oficinas do Projeto Banana-Terra, que treinou 82 jovens ativistas das regiões Norte, Nordeste e Centro-Oeste para defenderem os direitos humanos e o meio ambiente. Como a formação permitiu que as e os participantes impactassem mais de 13 mil pessoas, agora ela está sendo disponibilizada por meio do site do projeto e pode ser acessada por todo mundo.

Quer garantir o seu? Baixe agora o material!

Antes do Projeto Banana-Terra, eu tinha medo de defender as coisas nas quais acredito, mas as oficinas me fizeram acreditar que eu daria conta. Ganhei autoconfiança!”, conta Caio Áspet, 23, que usou o que aprendeu para defender do desmatamento o Parque dos Poderes, em Campo Grande (MS).

No site há mais informações sobre ele e outras e outros jovens ativistas que participaram das oficinas e que agora estão espalhando a mudança por aí.

12 de setembro de 2019 Defensores de direitos humanos Mulheres LGBTI Indivíduos em risco Terra Indígenas e populações tradicionais

Mais Notícias

10 de outubro de 2019 | Política internacional Defensores de direitos humanos

Nota pública: As autoridades no Equador devem acabar imediatamente com a repressão às manifestações

As autoridades equatorianas devem pôr um fim imediato à pesada repressão de manifestações.

12 de setembro de 2019 | Memória, Verdade e Justiça Defensores de direitos humanos Mulheres LGBTI

18 meses sem Marielle: Anistia e familiares renovam cobrança por resposta às autoridades

Ofícios foram enviados ao governador do Rio de Janeiro, Wilson Witzel, e ao procurador-geral de justiça do Estado, Dr. José Eduardo Gussen, após seis meses de reunião em que se comprometeram com caso

3 de setembro de 2019 | Defensores de direitos humanos

30 conquistas dos direitos humanos em 2019 que merecem comemoração

Graças a uma combinação de campanhas e pessoas poderosas, 2019 tem sido um ano de muitas conquistas para os direitos humanos!
Carregar mais notícias