EUA: novo decreto de Trump sobre migração vai incitar ódio e segregação

Imprimir
6 de março de 2017 Política internacional Migrantes
Foto: Spencer Platt/Getty Images

Em resposta à nova Ordem Executiva do Presidente Trump para restabelecer a suspensão do programa de acolhida de pessoas refugiadas dos EUA e instaurar uma proibição temporária de viagens para pessoas de seis países com maioria da população muçulmana, Salil Shetty, Secretário-Geral da Anistia Internacional, disse:

“O empenho do Presidente Trump para fechar as portas dos EUA para as pessoas que fogem do mesmo terror que ele diz estar combatendo será lembrado como um dos mais sombrios capítulos da história do país. A ideia de que estas medidas são do interesse da segurança nacional não resiste a uma simples análise.

“Esta nova Ordem Executiva simplesmente restabelece muitos dos elementos mais repugnantes da Ordem anterior. Ela esmaga valores que os EUA têm reivindicado há muito tempo e ameaça derrubar as esperanças de milhares de pessoas refugiados que deveriam ser reassentadas no país.

“Remover a ambiguidade sobre residentes permanentes é simplesmente uma tentativa de evadir o escrutínio judicial. A lógica anti-muçulmanos por trás desta Ordem Executiva deve ser evidente para qualquer pessoa familiarizada com a longa campanha de Trump para espalhar o medo sobre muçulmanos.

“Estas famílias escaparam dos escombros de Aleppo, ou fugiram das bombas e da fome que tomaram o Iêmen. São pessoas fugindo de uma ameaça à sua segurança e merecem proteção.

“As novas medidas não tornarão ninguém mais seguro. Em vez disso, elas podem ser usadas diretamente por extremistas violentos em uma alegação de que o governo dos EUA está em guerra contra o Islã.

“O circo midiático em torno de cada movimento do Presidente Trump não pode distrair do fato de que os compromissos pelos direitos humanos de longa data nos EUA estão sendo corroídos. A nova Ordem Executiva é equivocada e contraproducente, e deve ser combatida a cada passo “.

Assine agora e posicione-se contra o discurso de ódio de Trump!

6 de março de 2017 Política internacional Migrantes

Mais Notícias

26 de maio de 2017

5 fatos que você precisa conhecer sobre a Anistia Internacional

Neste domingo, a Anistia Internacional completa 56 anos lutando por direitos humanos. Nos orgulhamos muito desta História, por isso destacamos 5 fatos para você conhecer melhor o nosso trabalho.

24 de maio de 2017 | Direitos sexuais e reprodutivos LGBTI

Taiwan se aproxima da igualdade matrimonial depois de decisão judicial

Na quarta-feira, os juízes do Tribunal Constitucional de Taiwan decidiram que a lei atual do casamento do país é inconstitucional, uma vez que discrimina os casais do mesmo sexo.

24 de maio de 2017 | Liberdade de expressão Violência policial

Convocação das Forças Armadas ameaça direito à liberdade de expressão e manifestação

Em momento de instabilidade política no Brasil, a Anistia Internacional reitera sua preocupação com o aumento das violações de direitos humanos no país e projetos de lei que fragilizam esses direitos.
Carregar mais notícias