Anistia Internacional promove audiência online: Desafios da Covid-19 e os impactos nos Direitos Humanos

Imprimir
24 de setembro de 2020 Segurança pública Desenvolvimento Defensores de direitos humanos Mulheres LGBTI Indivíduos em risco Legislação Moradia Indígenas e populações tradicionais

Após 6 meses de pandemia da Covid-19 no Brasil, os desafios da sociedade civil organizada continuam os mesmos: exigir respostas inclusivas e urgentes para as populações vulneráveis. Nesta quinta-feira, 24 de setembro, das 14h às 17h, a Anistia Internacional promove a Audiência Online: “Seis meses de pandemia – desafios no enfrentamento à Covid-19 e os impactos nos Direitos Humanos no Brasil”. Com transmissão no seu canal do YouTube e presença das organizações que fazem parte da campanha Nossas Vidas Importam, além da Subprocuradora-Geral da República, Célia Regina Delgado (Coordenação Nacional Finalística do Gabinete Integrado de Acompanhamento à Epidemia do Coronavírus-19 do Ministério Público Federal), Subprocuradora-Geral da República, Ela Wiecko Volkmer de Castilho (Coordenadora do GT Interinstitucional Contra o Racismo na Atividade Policial), o Subprocurador-Geral da República, Domingos Sávio Dresch da Silveira (6ª Câmara – Populações Indígenas e Comunidades Tradicionais do MPF ), o Defensor Público da União Renan Sotto Mayor, Presidente do Conselho Nacional de Direitos Humanos, o Deputado Federal Hélder Salomão, Presidente da Comissão de Direitos Humanos da Câmara Federal, o Senador Paulo Paim, Presidente da Comissão de Direitos Humanos do Senado.

Após a audiência, será entregue às autoridades presentes um documento com a sistematização da exposição das organizações da campanha Nossas Vidas Importam, elaborado previamente. Estarão presentes, além da Anistia Internacional Brasil, as organizações e movimentos: Associação Nacional de Travestis e Transexuais (Antra), Criola, Centros de Estudos e Defesa do Negro do Pará (Cedenpa), Associação Brasileira de Saúde Coletiva (Abrasco), Centro de Defesa dos Direitos da Criança e do Adolescente do Ceará (CEDECA), Conectas, Marcha das Mulheres Negras de São Paulo, Conselho Indigenista Missionário (CIMI), Perifa Connection, Rede Antirracista Quilombação, Justiça Global, Coletivo Papo Reto, Coordenação Nacional de Articulação das Comunidades Negras Rurais e Quilombolas (CONAQ), Sociedade Brasileira de Medicina de Família e Comunidade e Movimento Nacional de População em Situação de Rua.

O objetivo da Audiência Online é possibilitar que estas organizações da sociedade civil exponham as lacunas nas respostas nacionais à crise da Covid-19 – de acordo com a agenda da campanha – e ouvir, das autoridades presentes, quais as medidas adotadas de enfrentamento à crise de saúde ao longo desses 6 meses de pandemia. Será um espaço também para ouvirmos eventuais denúncias que tenham recebido a respeito da falha do Estado em proteger a população.

Em maio de 2020, foi lançada a agenda e a campanha Nossas Vidas Importam, liderada por 39 organizações da sociedade civil. A campanha demanda das autoridades do poder executivo, a nível nacional, estadual e municipal, uma série de medidas de resposta emergencial integradas para conter a crise Covid-19 de acordo com as necessidades e prioridades de saúde das populações em maior situação de vulnerabilidade social, em acordo com suas obrigações de direitos humanos e ajudando a reparar desigualdades históricas.


Serviço:

Audiência Online: “Seis meses de pandemia – desafios no enfrentamento à Covid-19 e os impactos nos Direitos Humanos no Brasil”

Quinta-feira, 24 de setembro de 2020

14h às 17h 

youtube.com/anistiabrasil

 

24 de setembro de 2020 Segurança pública Desenvolvimento Defensores de direitos humanos Mulheres LGBTI Indivíduos em risco Legislação Moradia Indígenas e populações tradicionais

Mais Notícias

24 de outubro de 2020 | Memória, Verdade e Justiça Segurança pública

Seis anos depois, Caso Davi Fiuza segue sem respostas  

A Anistia Internacional acompanha o caso de Davi Fiuza, desde 2014. O jovem foi abordado por policiais à paisana, junto com policiais fardados, em Salvador e sua mãe nunca mais teve notícias suas.

23 de outubro de 2020 | Segurança pública Política internacional Conflitos Indivíduos em risco Violência policial

EUA: com eleições tensas se aproximando, polícia americana não tem protegido manifestantes contra violência.

Departamentos policiais de várias partes dos EUA não têm preservado o direito fundamental da população à liberdade de reunião pacífica.

21 de outubro de 2020 | Política internacional Defensores de direitos humanos Liberdade de expressão Mulheres Discriminação Indivíduos em risco Sistema prisional

Carta Aberta às participantes brasileiras do W20: Exijam a Libertação das Ativistas Sauditas encarceradas 

Conheça a Carta Aberta, assinada pela Anistia Internacional para levantar as sérias preocupações em relação à detenção em curso de mulheres ativistas defensoras dos direitos humanos na Arábia Saudita.
Carregar mais notícias