Anistia Internacional convida para lançamento de seu Relatório Anual

Imprimir
16 de fevereiro de 2017 Segurança pública Política internacional

A Anistia Internacional lança na próxima quarta-feira (22) o relatório anual “O Estado dos Direitos Humanos no Mundo 2016-2017” com pesquisas realizadas em 159 países e territórios. No Brasil, o documento destaca os temas relacionados à segurança pública, defensores e defensoras de direitos humanos e pessoas refugiadas, entre outros.

A cerimônia de lançamento acontecerá no Cine Odeon – Centro Cultural Luiz Severiano Ribeiro, no Rio de Janeiro, das 18h às 21h, com o debate ‘Mulheres negras na resistência e mobilização por direitos humanos’. Participam da mesa Jurema Werneck, que assumiu a diretoria executiva da Anistia Internacional Brasil este ano, Djamila Ribeiro, mestre em Filosofia Política pela Unifesp, Marion Gray-Hopkins, ativista e mãe de Gary Hopkins, Jr (19), morto pela polícia nos EUA, Shackelia Jackson, ativista e irmã de Nakiea Jackson (27), morto pela polícia na Jamaica, e Vilma Reis, socióloga e ouvidora geral da Defensoria Pública do Estado da Bahia, com mediação de Sueli Carneiro, integrante do conselho consultivo da Anistia Internacional Brasil, doutora em Educação pela USP e diretora do Geledés Instituto da Mulher Negra. A escritora Ana Paula Lisboa é a mestre de cerimônias da noite.

A entrada é gratuita e o credenciamento começa às 18h. Confirme presença no evento do Facebook.

SERVIÇO

Lançamento do relatório anual da Anistia Internacional ‘O Estado dos Direitos Humanos no Mundo 2016-2017’ + debate ‘Mulheres Negras na Resistência e Mobilização por Direitos Humanos’

Data
22 de fevereiro (quarta-feira)

Horário

18h – Credeciamemento
19h às 21h – Roda de Conversa

Local

Cine Odeon – Centro Cultural Luiz Severiano Ribeiro

Endereço

Cinelândia (Praça Floriano, 7 – Centro – Rio de Janeiro/ RJ)

16 de fevereiro de 2017 Segurança pública Política internacional

Mais Notícias

22 de maio de 2020 | Segurança pública Defensores de direitos humanos

NOTA: “Armas não salvam vidas e não são as respostas para necessidades urgentes neste momento de pandemia”, afirma Anistia Internacional

A Anistia Internacional repudia a ameaça de armar a população, proferida pelo Presidente da República Jair Bolsonaro durante reunião ministerial de 22 de abril de 2020.

19 de maio de 2020 | Segurança pública Violência policial

NOTA: Operações policiais durante pandemia da COVID-19

No meio de uma pandemia, quando os esforços deveriam estar voltados para garantir saúde e vida, o Estado do Rio se faz presente nas favelas levando violência e morte.

19 de maio de 2020 | Discriminação

Américas: direitos de profissionais de saúde na linha de frente da pandemia de COVID-19 ameaçados

O relatório instiga os países da região a priorizar e proteger os direitos dos profissionais de saúde durante e depois da pandemia.
Carregar mais notícias