Em resposta ao tiroteio que resultou em 2 mortes na saída de uma boate LGBTQIA+, o diretor da Anistia Internacional Eslováquia, Rado Sloboda, disse:

“Nossas sinceras condolências às famílias e aos amigos das vítimas. Prestamos solidariedade junto a todas as pessoas LGBTQIA+ da Eslováquia. O tiroteio de ontem abalou a nação e assustou, principalmente, a comunidade LGBTQIA+. Exigimos uma investigação urgente e completa sobre este ataque fatal e pedimos às autoridades eslovacas que tomem medidas para evitar qualquer tragédia semelhante no futuro.”

Enquanto parte do país que mais mata pessoas LGBTQIA+ no mundo, a Anistia Internacional Brasil também se solidariza com as mortes resultantes da tragédia. O direito à vida é um direito de todos, todas e todes, independente de orientação sexual ou identidade de gênero.

Mais Publicações