Após a apresentação do projeto de legalização do aborto pelo presidente Alberto Fernández perante o Congresso Nacional, hoje, Mariela Belski, diretora executiva da Anistia Internacional Argentina, disse:
“O ativismo e a luta incansável das mulheres alcançaram esse avanço histórico: hoje o aborto é um tema central e urgente na agenda política. O presidente manteve sua palavra e apresentou um projeto de lei para legalizar procedimento na Argentina. Agora o Congresso deve estar à altura e não perder a oportunidade de reconhecer o direito das meninas, mulheres e outras pessoas com capacidade de gestação para tomar decisões livres sobre seus corpos ”.

“Depois de anos de resiliência esperando por este momento, devemos, sem demora, garantir o acesso ao aborto legal na Argentina. Quem representa o povo argentino perante a Câmara de Senadores e Deputados deve saber que agora é a sua vez; que escutem à reivindicação coletiva desta maré verde imparável. É hora de dizer adeus a décadas de violação dos direitos sexuais e reprodutivos. Legalizar o aborto é um imperativo dos direitos humanos e é um passo necessário para se tornar, de uma vez por todas, uma sociedade mais igualitária. ”

Mais Publicações