Justiça para o jovem José Adrián: preso e espancado pela polícia injustamente

Entre em ação agora por justiça para José Adrián

* Campos obrigatórios

Untitled design - 2019-12-09T191352.636
190
AÇÕES

José Adrián tinha apenas 14 anos quando foi brutalmente espancado pela polícia ao voltar da escola para casa no México. Exija justiça!

No caminho da escola para casa, José passou por um lugar onde havia acontecido uma briga minutos antes. Quando a polícia chegou ao local, José foi seu único alvo. Os policiais o atiraram contra a viatura e um deles pisou no seu pescoço. O adolescente foi levado algemado para a delegacia sem a presença dos pais.

Ele não só teve de enfrentar essa situação sozinho, como, ao chegar na delegacia, seus pais foram obrigados a pagar uma multa que não tinham condições de saldar, além de terem de cobrir os custos do conserto da viatura.

Em consequência de tudo o que aconteceu com ele, José teve que largar os estudos por um ano. Ele não sente mais vontade de sair às ruas. José Adrián é de etnia maia e, no México, assim como em muitas partes do mundo, os indígenas enfrentam várias formas de discriminação.

Sua família está buscando justiça e reparações por parte do Estado. Nossa pressão coletiva sobre as autoridades para que punam os policiais envolvidos nas ações de violência pode ajudá-los nessa luta.

Assine a petição e exija que as autoridades do México:

  • Estipulem reparações adequadas para José Adrián e sua família;
  • Conduzam uma investigação completa sobre o caso e levem à Justiça os servidores públicos suspeitos de responsabilidade;
  • Façam com que a polícia do estado de Yucatán termine com as detenções arbitrárias.

Assinaturas atuais

Leticia B C de Lima  Rio de Janeiro, Brasil  18 de Janeiro de 2020, 02:57:10
Tiago Hahusseau  Roraima, Fran  16 de Janeiro de 2020, 17:10:26
Adriano Soares  Rio de Janeiro, Brasil  16 de Janeiro de 2020, 16:16:47
Sandra Leite  S?o Paulo, Brasil  15 de Janeiro de 2020, 22:34:38
Fernando Nunes kitano  S?o Paulo, Brasil  15 de Janeiro de 2020, 18:54:13
CARREGAR MAIS