Exija que o Egito liberte o pesquisador de direitos humanos Ibrahim

Ação encerrada.

Obrigada por se entrar em ação na campanha Escreva por Direitos 2019!

5535
AÇÕES

No contexto da maior onda de repressão contra a liberdade de expressão na história recente do Egito, o jovem pesquisador Ibrahim Ezz El-Din foi submetido a desaparecimento forçado. Atualmente, ele está preso e encontra-se fraco e frágil – Ibrahim afirma que foi torturado durante a detenção. 

Ibrahim, um jovem de 26 anos, documentava as remoções forçadas no país e demandava moradias seguras e acessíveis a todos os egípcios.

Na noite de 21 de junho de 2019, policiais à paisana detiveram Ibrahim quando ele andava por uma rua próximo a sua casa no Cairo. Sua família e advogados foram até a delegacia de polícia para saber o que tinha acontecido, mas as autoridades negaram que ele estivesse em sua custódia ou mesmo que tivesse sido detido.

A prisão de Ibrahim ocorreu em meio a uma onda de repressão governamental no Egito, onde quem se manifesta contra o governo se arrisca a ser encarcerado sem passar por um julgamento justo. Jornalistas, ativistas, políticos, torcedores de futebol e artistas já foram presos ou desapareceram. Ao manifestarem suas opiniões de forma pacífica, são rotulados pela mídia como “terroristas” ou “criminosos”.

O Ministério Público poderá revelar o destino e o paradeiro de Ibrahim Ezz El-Din, além de levar à Justiça os responsáveis por seu desaparecimento.

Assine a petição e exija que o Ministério Público:

  • Solte Ibrahim Ezz El-Din imediata e incondicionalmente;
  • Enquanto não for libertado, garanta que ele tenha acesso a seus advogados e familiares e que esteja protegido contra tortura e outros maus-tratos;
  • Abra uma investigação sobre o desaparecimento forçado de Ibrahim e a respeito das torturas às quais ele foi submetido, bem como leve todos os responsáveis ​​à justiça.

Assinaturas atuais

An?nimo An?nimo  S?o Paulo, Brasil  19 de Março de 2020, 10:58:41
Andr?ia Laureano de Moraes  S?o Paulo, Brasil  14 de Março de 2020, 21:29:29
Sawara Santos  Paran, Brasil  13 de Março de 2020, 17:26:08
ana luiza lima  Paran, Brasil  10 de Março de 2020, 18:02:40
Silvana Queiroz  Minas Gerais, Brasil  01 de Março de 2020, 14:08:10
CARREGAR MAIS