Exija a liberdade de Magai: condenado à morte aos 15 anos no Sudão do Sul

Entre em ação agora por Magai!

* Campos obrigatórios

Untitled design (2)
278
AÇÕES

Magai Matiop Ngong tinha apenas 15 anos quando foi condenado à morte no Sudão do Sul. Peça ao governo que anule sua sentença e pare de aplicar a pena de morte a menores de 18 anos.

Antes de sua vida mudar para sempre, Magai adorava correr e cantar músicas gospel. Ele cursava o ensino secundário e, quando crescesse, pensava em ajudar as pessoas. Agora, Magai está vivendo em uma penitenciária e passa os dias com medo de ser executado por algo que aconteceu quando ele tinha 15 anos de idade.

Segundo testemunhou perante um tribunal, Magai disparou a arma de seu pai contra o chão para evitar que seu primo o impedisse de brigar com outro adolescente do bairro. A bala ricocheteou e atingiu seu primo, que faleceu mais tarde no hospital. Julgado por homicídio sem a representação de um advogado, Magai foi condenado e sentenciado à morte.

Nossas pesquisas mostram que a pena de morte é aplicada de modo desproporcional contra a população pobre e desfavorecida. Segundo o direito internacional e o direito interno do Sudão do Sul, é ilegal sentenciar à morte uma pessoa com menos de 18 anos.

No ano passado, Magai finalmente teve acesso a um advogado que o está ajudando a apelar da sentença. Ele agora tem a chance de mudar essa situação.

“Tenho esperanças de sair e continuar com os estudos.” Magai

Assine a petição e exija que:

  • A sentença de morte de Magai Matiop Ngong seja anulada, levando em conta o fato de ele ter menos de 18 anos de idade;
  • O governo se comprometa a parar de usar a pena de morte contra pessoas que não haviam completado 18 anos quando cometeram o crime, de acordo com o direito interno do Sudão do Sul e o direito internacional dos direitos humanos.

Assinaturas atuais

Mariana Friedrich   S?o Paulo, Brasil  19 de Janeiro de 2020, 16:48:35
Adriano Andrade Barboza  Paran, Brasil  18 de Janeiro de 2020, 16:11:12
Carla Bezerra  Rio Grande do Sul, Brasil  18 de Janeiro de 2020, 13:30:02
Tiago Hahusseau  Roraima, Fran  16 de Janeiro de 2020, 17:23:16
Adriano Soares  Rio de Janeiro, Brasil  16 de Janeiro de 2020, 16:18:52
CARREGAR MAIS