Escreva por Direitos 2018: Pare a perseguição à Nawal Benaissa

* Campos obrigatórios

marrocos
28
AÇÕES

Nawal Benaissa está pronta para defender o que ela acredita. É por isso que ela usa sua voz para defender a justiça social e melhores serviços de saúde na sua região, Rif, onde muitas pessoas se sentem esquecidas pelo seu governo. Como uma das vozes mais populares do movimento chamado Hirak, ela tem participado em protestos pacíficos e feito campanha nas redes sociais em busca de mudanças.

A cada passo neste caminho, ela tem sido assediada pelas autoridades marroquinas numa tentativa de silenciá-la. Ela foi presa e mantida sob custódia por quatro vezes em apenas quatro meses, e exigiram que ela fechasse sua conta de Facebook que já contava com mais de 80 mil seguidores.

Finalmente, em fevereiro de 2018, ela foi condenada a 10 meses de sentença suspensa e a pagar uma multa por “incitar e cometer ofensa”. Ela está apelando do veredito, mas a intimidação continua. Ela se mudou de cidade para tentar evitar a vigilância constante.

O tratamento dispensado a Nawal é parte de uma repressão muito maior contra o movimento Hirak e suas lideranças. As forças de segurança do Marrocos já prenderam centenas de manifestantes pacíficos, alguns apenas por expressarem seu apoio ao Hirak no Facebook.

Para Nawal, a solução é simples: ela quer ser completamente livre para lutar por um futuro melhor para sua comunidade e suas crianças.

Diga ao Marrocos que pare de assediar Nawal imediatamente.

Assinaturas atuais

Maria Santos  Rio de Janeiro, Brasil  21 de Outubro de 2018, 19:00:44
Andr Defendi  Rio de Janeiro, Brasil  21 de Outubro de 2018, 18:32:19
Jairo Stedile  Rio Grande do Sul, Brasil  21 de Outubro de 2018, 11:55:03
An?nimo An?nimo  Distrito Federal, Argentina  19 de Outubro de 2018, 09:28:24
Celina Silveira  S?o Paulo, Brasil  18 de Outubro de 2018, 16:33:44
CARREGAR MAIS