Wilson Witzel: quem matou e quem mandou matar Marielle Franco?

Ação encerrada.

Agradecemos a sua participação!

Entregamos para o governador do Rio de Janeiro, Wilson Witzel, as mais de 780 mil assinaturas de pessoas do mundo todo que também exigem uma resposta.

A mobilização não pode parar até que todas perguntas sejam respondidas. Saiba mais sobre o Labirinto do caso Marielle Franco acessando aqui.

 

QUEM MATOU MARIELLE
410
AÇÕES

Após um ano do assassinato de Marielle Franco e Anderson Gomes, o caso ainda parece estar dentro de um labirinto de becos sem saída e caminhos inexplorados. Acima de tudo, há muitas perguntas sem respostas. As autoridades brasileiras têm o dever de garantir uma solução correta do assassinato de Marielle Franco e levar os responsáveis à justiça. O assassinato de uma defensora de direitos humanos pode ser uma tentativa de gerar medo e silêncio, de interromper a luta por direitos, de impedir que se construa uma sociedade mais justa e igualitária. O Estado deve responder a isso com investigação e justiça e, assim, impedir que o medo e o silêncio se disseminem.

Embora as investigações estejam sob sigilo, muitas informações veiculadas pela imprensa indicam que o assassinato de Marielle Franco foi cuidadosamente planejado, foi um crime sofisticado, e que pode ter contado com a participação de agentes do Estado e das forças de segurança.

Governador Wilson Witzel, a sociedade brasileira precisa saber as respostas para as perguntas a seguir:

1. Como SUBMETRALHADORAS HK-MP5, que podem ter sido utilizadas para executar Marielle Franco, foram EXTRAVIADAS da Polícia Civil?
2. O que foi feito para aumentar o controle das armas pertencentes às instituições do Estado para que não sejam extraviadas e usadas por criminosos?
3. As outras SUBMETRALHADORAS HK-MP5 pertencentes à Polícia Civil, Polícia Militar e a qualquer outra instituição do Estado foram periciadas e comparadas com as cápsulas de munição
encontradas no local em que Marielle Franco foi assassinada?
4. Como e por quem o lote UZZ-18 de munição de calibre 9mm, que teria sido utilizada para assassinar Marielle Franco foi extraviado da Polícia Federal?
5. Como o lote UZZ-18 de munição de calibre 9mm, que teria sido utilizada para assassinar Marielle Franco, chegou ao Rio de Janeiro?
6. Munição do mesmo lote UZZ-18, que teria sido utilizada para assassinar Marielle Franco, também foi utilizada em uma chacina em São Paulo, em agosto de 2015.
Qual a conexão entre a chacina de São Paulo e o assassinato de Marielle Franco?
7. Por que o lote de munição UZZ-18, que teria sido utilizada para assassinar Marielle Franco, não estava dentro dos padrões estabelecidos no país?
8. Digitais parciais teriam sido ENCONTRADAS EM CÁPSULAS da munição utilizada para assassinar Marielle Franco, no loca do crime. De quem são as digitais encontradas nas cápsulas?
9. Nas imagens das câmeras de segurança, vemos que o motorista usa um aparelho pequeno que parece um celular. Afinal, o aparelho ERA UM CELULAR?
10. Se o aparelho que aparece nas imagens das câmeras de segurança nas mãos do motorista era mesmo um celular, estão investigando as informações telefônicas e de uso de dados para rastrear este aparelho?
11. Dos dois carros utilizados no assassinato de Marielle Franco, pelo menos um deles teria usado uma placa “clonada”. Quem clonou essa(s) placa(s) e onde?
12. Câmeras de segurança que alimentam o Centro Integrado de Comando e Controle, que cobririam o local onde aconteceu o assassinato de Marielle Franco, teriam sido desligadas às vésperas do crime.
Quem desligou essas câmeras?
13. Foi divulgado o trajeto parcial de um dos carros utilizados para assassinar Marielle Franco. De onde os carros vieram e para onde eles foram? E o restante do trajeto dos carros não foi mapeado?
14. As investigações sobre o assassinato de Marielle Franco seguiram todos os padrões necessários de uma investigação criminal imparcial, independente e efetiva?
15. Houve algum tipo de negligência ou tentativa de fraude nas investigações do assassinato de Marielle Franco?
16. As denúncias de negligência, tentativa de interferência indevida e inconformidade com o devido processo estão sendo investigadas?
17. Por que as diversas instituições estaduais e federais não atuam de forma coordenada e colaborativa nas investigações para que o caso seja solucionado corretamente e o mais rápido possível?
18. Que seguimento será dado às recomendações do relatório da Comissão Externa da Câmara dos Deputados que acompanhava as investigações sobre o assassinato de Marielle Franco?
19. Qual o resultado das investigações iniciadas pela Polícia Federal sobre as investigações do caso Marielle Franco? Havia ou não um grupo atrapalhando as investigações?
20. Com a mudança de Governo Federal, a Polícia Federal seguirá “investigando as investigações” e as denúncias de interferência indevida sobre o caso Marielle Franco?
21. Como as autoridades explicam que tantas vezes tenha sido anunciado que a investigação do caso Marielle Franco está próxima do fim e ela não tenha sido concluída até agora?
22.As investigações sobre o assassinato de Marielle Franco estão próximas do fim ou não?
23. Com base em quais evidências as autoridades afirmaram saber a autoria ou a motivação do assassinato de Marielle Franco?
24. Quem matou e quem mandou matar Marielle Franco?

Wilson Witzel, responda as perguntas da Anistia Internacional

Ilmo. Sr. Governador do Rio de Janeiro
Wilson Witzel
Palácio Guanabara, Rio de Janeiro – RJ

Prezado Governador Wilson Witzel,

Após um ano do assassinato de Marielle Franco e Anderson Gomes, o caso ainda parece estar dentro de um labirinto de becos sem saída e caminhos inexplorados. Acima de tudo, há muitas perguntas sem respostas. As autoridades brasileiras têm o dever de garantir uma solução correta do assassinato de Marielle Franco e levar os responsáveis à justiça. O assassinato de uma defensora de direitos humanos pode ser uma tentativa de gerar medo e silêncio, de interromper a luta por direitos, de impedir que se construa uma sociedade mais justa e igualitária. O Estado deve responder a isso com investigação e justiça e, assim, impedir que o medo e o silêncio se disseminem.

Embora as investigações estejam sob sigilo, muitas informações veiculadas pela imprensa indicam que o assassinato de Marielle Franco foi cuidadosamente planejado, foi um crime sofisticado, e que pode ter contado com a participação de agentes do Estado e das forças de segurança.

Governador Wilson Witzel, a sociedade brasileira precisa saber as respostas para as perguntas a seguir:

1. Como SUBMETRALHADORAS HK-MP5, que podem ter sido utilizadas para executar Marielle Franco, foram EXTRAVIADAS da Polícia Civil?
2. O que foi feito para aumentar o controle das armas pertencentes às instituições do Estado para que não sejam extraviadas e usadas por criminosos?
3. As outras SUBMETRALHADORAS HK-MP5 pertencentes à Polícia Civil, Polícia Militar e a qualquer outra instituição do Estado foram periciadas e comparadas com as cápsulas de munição
encontradas no local em que Marielle Franco foi assassinada?
4. Como e por quem o lote UZZ-18 de munição de calibre 9mm, que teria sido utilizada para assassinar Marielle Franco foi extraviado da Polícia Federal?
5. Como o lote UZZ-18 de munição de calibre 9mm, que teria sido utilizada para assassinar Marielle Franco, chegou ao Rio de Janeiro?
6. Munição do mesmo lote UZZ-18, que teria sido utilizada para assassinar Marielle Franco, também foi utilizada em uma chacina em São Paulo, em agosto de 2015.
Qual a conexão entre a chacina de São Paulo e o assassinato de Marielle Franco?
7. Por que o lote de munição UZZ-18, que teria sido utilizada para assassinar Marielle Franco, não estava dentro dos padrões estabelecidos no país?
8. Digitais parciais teriam sido ENCONTRADAS EM CÁPSULAS da munição utilizada para assassinar Marielle Franco, no loca do crime. De quem são as digitais encontradas nas cápsulas?
9. Nas imagens das câmeras de segurança, vemos que o motorista usa um aparelho pequeno que parece um celular. Afinal, o aparelho ERA UM CELULAR?
10. Se o aparelho que aparece nas imagens das câmeras de segurança nas mãos do motorista era mesmo um celular, estão investigando as informações telefônicas e de uso de dados para rastrear este aparelho?
11. Dos dois carros utilizados no assassinato de Marielle Franco, pelo menos um deles teria usado uma placa “clonada”. Quem clonou essa(s) placa(s) e onde?
12. Câmeras de segurança que alimentam o Centro Integrado de Comando e Controle, que cobririam o local onde aconteceu o assassinato de Marielle Franco, teriam sido desligadas às vésperas do crime.
Quem desligou essas câmeras?
13. Foi divulgado o trajeto parcial de um dos carros utilizados para assassinar Marielle Franco. De onde os carros vieram e para onde eles foram? E o restante do trajeto dos carros não foi mapeado?
14. As investigações sobre o assassinato de Marielle Franco seguiram todos os padrões necessários de uma investigação criminal imparcial, independente e efetiva?
15. Houve algum tipo de negligência ou tentativa de fraude nas investigações do assassinato de Marielle Franco?
16. As denúncias de negligência, tentativa de interferência indevida e inconformidade com o devido processo estão sendo investigadas?
17. Por que as diversas instituições estaduais e federais não atuam de forma coordenada e colaborativa nas investigações para que o caso seja solucionado corretamente e o mais rápido possível?
18. Que seguimento será dado às recomendações do relatório da Comissão Externa da Câmara dos Deputados que acompanhava as investigações sobre o assassinato de Marielle Franco?
19. Qual o resultado das investigações iniciadas pela Polícia Federal sobre as investigações do caso Marielle Franco? Havia ou não um grupo atrapalhando as investigações?
20. Com a mudança de Governo Federal, a Polícia Federal seguirá “investigando as investigações” e as denúncias de interferência indevida sobre o caso Marielle Franco?
21. Como as autoridades explicam que tantas vezes tenha sido anunciado que a investigação do caso Marielle Franco está próxima do fim e ela não tenha sido concluída até agora?
22.As investigações sobre o assassinato de Marielle Franco estão próximas do fim ou não?
23. Com base em quais evidências as autoridades afirmaram saber a autoria ou a motivação do assassinato de Marielle Franco?
24. Quem matou e quem mandou matar Marielle Franco?

Atenciosamente,

Assinaturas atuais

Luiza Rosado  Rio de Janeiro, Brasil  14 de Março de 2019, 10:18:36
ZEDOTOKO COSTA  Rio de Janeiro, Brasil  14 de Março de 2019, 10:00:07
Larissa M. Batista  Rio de Janeiro, Brasil  14 de Março de 2019, 09:58:55
Ana Carvalho  Rio de Janeiro, Brasil  14 de Março de 2019, 09:56:51
Andreia Rezende  Rio de Janeiro, Brasil  14 de Março de 2019, 09:43:42
CARREGAR MAIS