Escreva por Direitos 2017: Hanan Badr el Din

Ação encerrada.

Agradecemos a sua participação!

Este ano foram 5,5 milhões de cartas, 208 países participantes (do Afeganistão ao Zimbabue!) e mudanças positivas da vida de muita gente.

Sobre o caso:

Hanan Badr el-Din é defensora de direitos humanos e co-fundadora da Associação das Famílias das Pessoas Submetidas ao Desaparecimento Forçado – é uma voz ativa que denuncia centenas de desaparecimentos no Egito. Por tentar obter informações sobre seu esposo, ela acabou presa. Hanan sofre de uma doença degenerativa e a família de Hanan acredita que a pressão internacional teve um impacto positivo em seu tratamento na prisão, incluindo o fato de que, em um movimento incomum pelas autoridades, ela teve acesso a um médico de fora da prisão e a medicamentos que antes lhes foram negados.

Saiba mais aqui.

EGITO
17541
AÇÕES

A vida de Hanan Badr el Din mudou radicalmente em julho de 2013 quando seu esposo desapareceu. Sua busca incansável levou-a a outras pessoas cujos familiares haviam sido sequestrados pelas forças de segurança egípcias. Hanan é hoje uma voz ativa que denuncia centenas de desaparecimentos no Egito. Por tentar obter informações sobre seu esposo, ela recentemente ela foi presa sob acusações falsas, e corre o risco de passar cinco anos na prisão.

Assinando esta petição, um e-mail será enviado automaticamente em seu nome para a Embaixada do Egito no Brasil para que realize a interlocução com o presidente do país. Entre ação!

Justiça e transparência para Hanan Badr el Din

Ao presidente Abdel Fattah al-Sisi

Senhor Presidente,

Dirijo-me a V. Exa. para pedir que retire todas as denúncias contra Hanan Badr el Din e que garanta sua libertação imediata e incondicional.

Ela busca por seu esposo desde de seu desaparecimento em julho de 2013. A última vez que que tentou obter informação sobre ele, foi detida e acusada falsamente de pertencer a um grupo proibido, o que poderia acarretar no mínimo cinco anos de prisão.

Hanan Badr el Din não deveria perder sua liberdade só por buscar seu marido. Peço que a liberte imediatamente, e que dê informações sobre o que ocorreu com seu marido, para que possa finalmente encontrar a paz na verdade.

Atenciosamente,

Assinaturas atuais

Alexandre Garcia   S?o Paulo, Brasil  02 de Maio de 2018, 16:27:22
Elenice Gobbi  Rio Grande do Sul, Brasil  27 de Abril de 2018, 10:58:52
An?nimo An?nimo  Cear, Brasil  25 de Abril de 2018, 21:07:53
Dave Liao  Rio de Janeiro, Brasil  25 de Abril de 2018, 11:59:10
Ver?nica vasque  Rio de Janeiro, Brasil  25 de Abril de 2018, 11:57:18
CARREGAR MAIS