Escreva por Direitos 2017: Issa e Farid

Ação encerrada.

Agradecemos a sua participação!

Este ano foram 5,5 milhões de cartas, 208 países participantes (do Afeganistão ao Zimbabue!) e mudanças positivas da vida de muita gente.

Sobre o caso:

Os dois ativistas sofrem ameaças por, em 2016, protestarem pacificamente contra os assentamentos e ocupação israelenses. Embora as falsas acusações contra Farid e Issa permaneçam em vigor, eles acreditam que a Escreva por Direitos deu maior legitimidade ao seu trabalho por meio da solidariedade internacional e israelense e lhes proporcionou mais proteção. Eles dizem que as autoridades israelenses se abstiveram de impedi-los de realizar seu trabalho em diferentes ocasiões.

Saiba mais aqui.

ISRAEL
563
AÇÕES

Issa Amro & Farid al Atrash querem ver o fim dos assentamentos israelenses, que constituem crime de guerra e têm sua origem na ocupação de territórios palestinos por Israel há 50 anos. Adeptos da não violência, os ativistas sofrem ataques e ameaças constantes a mando de colonos e soldados israelenses. Em fevereiro de 2016, Issa e Farid protestaram pacificamente contra os assentamentos e ocupação israelense. Como consequência, enfrentam atualmente processos absurdos com a intenção de interromper seu trabalho em defesa dos direitos humanos.

ATUE AGORA! Exija que Israel retire imediatamente todos os processos contra Issa e Farid!

Assinando esta petição, um e-mail será enviado automaticamente em seu nome para o Primeiro Ministro de Israel, Benjamin Netanyahu. Entre ação!

Justiça para Farid e Issa! Revogue a ordem militar 101!

Ao Primeiro Ministro de Israel, Benjamin Netanyahu

Benjamin Netanyahu
Gabinete do Primeiro Ministro
3 Kaplan Street
PO Box 187
Kiryat Ben-Gurion
Jerusalem 91950
Israel

Senhor Primeiro Ministro,

Exijo, por meio desta, que retire imediatamente todas as denúncias contra Farid al Atrash e Issa Amro e revogue a ordem militar 101. Assim mesmo, é urgente que V. Exa. ponha fim aos abusos a que Farid, Issa e outros defensores e defensoras de direitos humanos como eles têm sido submetidos.

Farid e Issa querem ver o fim dos assentamentos israelenses, que constituem um crime de guerra e têm sua origem na ocupação de territórios palestinos por Israel há 50 anos. Adeptos da não-violência, ambos ativistas sofrem ataques e ameaças constantes a mando dos colonos e soldados israelenses. Em fevereiro de 2016, Issa e Farid marcharam pacificamente contra os assentamentos e ocupação israelense. Como consequência, atualmente enfrentam denúncias absurdas claramente dirigidas a impedir seu trabalho relacionado com direitos humanos.

Atenciosamente,

Assinaturas atuais

Alexandre Garcia   S?o Paulo, Brasil  02 de Maio de 2018, 16:29:16
Elenice Gobbi  Rio Grande do Sul, Brasil  27 de Abril de 2018, 10:58:22
An?nimo An?nimo  Cear, Brasil  25 de Abril de 2018, 21:07:06
Amanda Esperedi  S?o Paulo, Brasil  20 de Abril de 2018, 01:11:28
An?nimo An?nimo  Rio de Janeiro, Brasil  17 de Abril de 2018, 23:54:42
CARREGAR MAIS