Encontraremos a justiça verdadeira para Berta Cáceres

Anistia Internacional

VER TODOS OS POSTS    

Tags: ,

Por Berta Zuniga, filha de Berta Cáceres

.

Eu sabia que devíamos assumir a busca pela justiça, o que não sabia era como eu enfrentaria tanta impunidade.

Numa madrugada, há dois anos, no México, recebi a ligação que confirmou o que tanto nos avisaram: um dia a matariam por sua luta. Naquele momento eu sabia que devíamos assumir a busca pela justiça com a força com que você teria lutado. O que eu não sabia era como eu enfrentaria essa impunidade.

.

Naquele momento, fiz minha mala, liguei para meus irmãos e parti para Honduras para acompanhar com dor aqueles que estavam sempre ao seu lado: as pessoas do Conselho Cívico de Organizações Populares e Indígenas de Honduras (COPINH), seus companheiros.

.

Alguns dias atrás, enquanto conversávamos longamente, você me contou sobre as ameaças dos homens da Desarrollos Energéticos SA (Desenvolvimento Energético AS) em uma das manifestações da comunidade de Rio Branco contra a barragem de Água Zarca que estavam construindo. Você me contou o quanto tinha sido boa a oficina comunitária sobre energias alternativas que Gustavo Castro facilitou, a única testemunha de sua morte. Lembro-me quando fizemos a declaração para rejeitar o investimento da Netherlands Development Finance Company, do Finn Fund e do Banco Centro-Americano de Integração Econômica, e como você me explicou que toda a violência nesse projeto era culpa desse dinheiro.

.

Eu estava morrendo de medo de que o estado que a perseguiu e criminalizou deixasse sua morte impune. Mas eu nunca imaginei que fizessem isso de maneira tão aberta e com tantas irregularidades que enfrentaríamos tentando alcançar a verdade.

.

Mamãe, não estou exagerando, fizemos tudo o que podemos para chegar à justiça: denúncias, manifestações, investigações independentes, exigimos incessantemente a nossa participação na investigação, tentamos cancelar a concessão ilegal que originou tudo. Avançamos! Mas o que aconteceu? Eu não minto, a máfia que protege os responsáveis ​​por sua morte é muito poderosa.

.

Cada palavra sua, cada lição que me deu me acompanhou para não me deixar engolir a tristeza. Viajei a todos os lugares possíveis para denunciar o fato e dizer-lhe que você vive na luta das comunidades que desafiam os poderosos. Hoje eu ando pelo Rio Branco com a certeza absoluta de que este território permanecerá livre e que alcançaremos a verdadeira justiça.

Por Berta Zuniga, filha de Berta Cáceres

Anistia Internacional

VER TODOS OS POSTS    
Imprimir

Mais Posts

6 de fevereiro de 2020 Anistia Internacional

Promova o debate sobre direitos humanos com nossos guias de educação

A Anistia Internacional preparou 4 guias para aqueles e aquelas que desejem promover atividades educativas baseadas em direitos humanos. São os cadernos didáticos da campanha Escreva por Direitos!

14 de novembro de 2019 Anistia Internacional Tags: , ,

A única saída possível: justiça para Marielle!

Diante de todas as notícias das últimas semanas, acredito que eu e você compartilhamos do mesmo sentimento: a sensação de angústia de estarmos dentro de um labirinto de notícias sobre o caso Marielle.

5 de novembro de 2019 Anistia Internacional Tags: , , ,

Povos indígenas e tradicionais da Amazônia

Para nós, povos indígenas da Amazônia, a floresta é nosso berço de origem e de civilização, e nossa condição de existência, física, cultural e espiritual.
Ver todos os posts
Resultados

Conheça alguns dos casos de sucesso que foram trabalhados pela Anistia Internacional.

Saiba mais