DEFENSORES AMBIENTAIS ASSASSINADOS

Na manhã de 5 de junho, Bruno Pereira e Dom Phillips, defensores do meio ambiente e dos direitos dos povos indígenas, desapareceram no Vale do Javari, localizado na Amazônia brasileira. No 15 de junho, a Polícia Federal comunicou que uma das duas pessoas detidas por suspeita de envolvimento nos desaparecimentos confessou ter assassinado os defensores, e que restos mortais encontrados na floresta tinham sido encaminhados para a perícia. As autoridades brasileiras fizeram declarações estigmatizantes contra Bruno e Dom, disseminaram informações contraditórias e conduziram uma investigação demorada, sem recursos suficientes nem transparência Pedimos que o Procurador-Geral da República garanta uma investigação rápida, completa , imparcial e independente sobre este caso, e que encaminhe os suspeitos de responsabilidade criminal à Justiça 

ATUE AGORA!

Ao preencher o formulário ao lado, você envia automaticamente um e-mail para Augusto Aras, Procurador-Geral da República, exigindo justiça por Bruno Pereira e Dom Phillips.

Augusto Aras, Procurador-Geral da República  

SAF Sul Quadra 4 Conjunto C
Brasília/DF- Brazil – Postal Adress 70050-900 

Email: [email protected]  

 

 

Defender os direitos humanos, os direitos dos povos indígenas e ambientais não pode significar colocar a própria vida em risco! A  Amazônia precisa ser segura para todos e todas.

 

Procurador-Geral da República, Augusto Aras, exigimos justiça por Bruno Pereira e Dom Phillips!

 

 

Procurador-Geral da República, Sr. Augusto Aras, 

 

No dia 15 de junho, a Polícia Federal confirmou que Bruno Pereira e Dom Phillips, defensores do meio ambiente e dos direitos dos povos indígenas desaparecidos na região do Vale do Javari desde no 5 de junho, foram assassinados. Duas pessoas estão detidas por suposto envolvimento no caso, e uma delas confessou o crime. No entanto, a situação está longe de ter sido solucionada. 

 

O Estado Brasileiro tem o dever de garantir que todas as circunstâncias que culminaram com o desaparecimento e com as mortes de Bruno e Dom sejam apuradas com rapidez, transparência e respeito aos direitos humanos durante todo o processo.

Pedimos que o Sr. garanta uma investigação célere, completa , imparcial e independente sobre os desaparecimentos e as mortes de Bruno Pereira e Dom Phillips, que devem ter seu trabalho de defesa de direitos humanos considerado e reconhecido. Todos os suspeitos de responsabilidade criminal devem ser encaminhados à Justiça.  

 

Exigimos justiça para Bruno e Dom. Suas famílias devem ter acesso à verdade e à reparação, assim como os povos indígenas do Vale do Javari e toda a sociedade brasileira. Tragédias como essa não podem se repetir. 

 

Atenciosamente,
 

Assinaturas Atuais