Direitos humanos em risco em meio a protestos

Região: Américas
País: Venezuela

Venezuela: Los derechos humanos en riesgo en medio de protestas

 

Desde o início de fevereiro de 2014, a Venezuela está em convulsão, com protestos em massa a favor e contra o governo em diferentes partes do país. Não é a primeira vez que a população toma as ruas para expressar sua insatisfação ou para apoiar o modelo político e econômico implementado pelo presidente Hugo Chávez após este ter vencido as eleições em 1999; e que tem continuado com o atual presidente Nicolas Maduro após sua eleição, em abril de 2013.

Os protestos que começaram em 4 de fevereiro de 2014, e que até 27 de março, deixaram um saldo de pelo menos 37 mortos e mais de 550 feridos, são o mais recente exemplo da polarização crescente que assola o país há mais uma década. Nesta mais recente onda de agitação social, confrontos violentos durante os protestos e a ação de agentes de segurança do governo, teriam resultado, como inclusive admitiu o Estado, em possíveis violações de direitos humanos, incluindo assassinatos, prisões arbitrárias, tortura e outros tratamentos cruéis, desumanos e degradantes.

 

*Relatório em espanhol.

MAIS RELATÓRIOS

Informe 2019: Balanço Geral

2019 foi um ano marcado por desafios e muitas conquistas no trabalho da Anistia Internacional Brasil. Conheça nossas principais atividades.

O custo da cura: direitos dos profissionais de saúde nas Américas durante a pandemia da COVID-19 e depois

Relatório documenta como profissionais na linha de frente da pandemia geralmente trabalham em condições inseguras.
Mais publicações
Informes Anuais

A cada ano, um resumo do estado dos direitos humanos em centenas de países.

Saiba mais
Frentes de atuação

Descubra nossas formas de atuação e junte-se a nós na defesa dos direitos humanos!

Saiba mais