União Européia: leis Orwellianas de combate ao terrorismo sufocam direitos sob pretexto de defendê-los

País: União Européia
© Alexander Koerner/Getty Images

Centenas de pessoas foram mortas e feridas em violentos ataques de terrorismo na União Europeia em 2015 e 2016. A necessidade de proteger as pessoas de tal violência desenfreada é urgente. Este relatório dá uma visão sobre a segurança nacional e mostra o quão generalizada e profunda a “securitização” da Europa se tornou. Trata-se de oito temas: os estados de emergência, o princípio da legalidade, o direito à privacidade, a liberdade de expressão, o direito à liberdade, a liberdade de circulação, a eliminação da nacionalidade e a proibição de enviar pessoas para lugares onde correm o risco de serem torturadas.

**Relatório em Inglês

MAIS RELATÓRIOS

A qualquer custo: A catástrofe civil na região ocidental de Mossul, Iraque

O novo relatório da Anistia Internacional revela como a guerra entre a coalizão liderada pelos EUA, forças iraquianas e o Estado Islâmico gera catástrofe civil na região ocidental de Mossul.

Diante do Muro: a violação dos direitos dos requerentes de refúgio nos EUA e no México

Este relatório examina o impacto catastrófico de uma série de novas diretrizes e práticas em andamento que acabam por recusar requerentes de refúgio na fronteira entre os Estados Unidos e México.

Silêncio através de força: detenções arbitrárias por motivos políticos na Venezuela

A Anistia Internacional observou medidas arbitrárias do Estado venezuelano que visam obstruir a liberdade de expressão, associação e participação política.
Mais publicações
Informes Anuais

A cada ano, um resumo do estado dos direitos humanos em centenas de países.

Saiba mais
Frentes de atuação

Descubra nossas formas de atuação e junte-se a nós na defesa dos direitos humanos!

Saiba mais