Síria: Matadouro humano: enforcamentos em massa e extermínio na prisão de Saydnaya

Região: Oriente Médio
País: Síria
SAYDNAYA 2

Na prisão militar de Saydnaya, as autoridades sírias organizaram silenciosa e metodicamente o assassinato de milhares de pessoas sob sua custódia. A investigação da Anistia International mostra que o assassinato, a tortura, o desaparecimento forçado e o extermínio perpetrados em Saydnaya desde 2011 foram usados como parte de um ataque contra a população civil que tem sido generalizado, bem como sistemático e realizado em prol da política estatal. Concluímos, portanto, que as violações das autoridades sírias em Saydnaya constituem crimes contra a humanidade. A Anistia Internacional apela urgentemente a uma investigação independente e imparcial dos crimes cometidos em Saydnaya.

**Relatório em inglês

MAIS RELATÓRIOS

Mianmar: massacres do Exército da Salvação Arakan Rohingya (ARSA) contra hindus

Briefing sobre crimes realizados por combatentes do ARSA contra a comunidade hindu que vive no norte do Estado de Rakhine.

Relatório Global 2017: Pena de Morte

Recente relatório global lançado pela Anistia Internacional sobre pena de morte mostra avanços positivos na África Subsaariana.

Toxic Twitter: Mulheres expostas a abusos e violências no Twitter

Relatório mostra que Twitter está falhando em respeitar os direitos humanos das mulheres por conta de um combate inadequado e ineficaz à violência.
Mais publicações
Informes Anuais

A cada ano, um resumo do estado dos direitos humanos em centenas de países.

Saiba mais
Frentes de atuação

Descubra nossas formas de atuação e junte-se a nós na defesa dos direitos humanos!

Saiba mais