Síria: Matadouro humano: enforcamentos em massa e extermínio na prisão de Saydnaya

Região: Oriente Médio
País: Síria
SAYDNAYA 2

Na prisão militar de Saydnaya, as autoridades sírias organizaram silenciosa e metodicamente o assassinato de milhares de pessoas sob sua custódia. A investigação da Anistia International mostra que o assassinato, a tortura, o desaparecimento forçado e o extermínio perpetrados em Saydnaya desde 2011 foram usados como parte de um ataque contra a população civil que tem sido generalizado, bem como sistemático e realizado em prol da política estatal. Concluímos, portanto, que as violações das autoridades sírias em Saydnaya constituem crimes contra a humanidade. A Anistia Internacional apela urgentemente a uma investigação independente e imparcial dos crimes cometidos em Saydnaya.

**Relatório em inglês

MAIS RELATÓRIOS

Diante do Muro: a violação dos direitos dos requerentes de refúgio nos EUA e no México

Este relatório examina o impacto catastrófico de uma série de novas diretrizes e práticas em andamento que acabam por recusar requerentes de refúgio na fronteira entre os Estados Unidos e México.

Silêncio através de força: detenções arbitrárias por motivos políticos na Venezuela

A Anistia Internacional observou medidas arbitrárias do Estado venezuelano que visam obstruir a liberdade de expressão, associação e participação política.

Manual: Meu Corpo Meus Direitos

Meu Corpo Meus Direitos é a campanha global da Anistia Internacional pelo fim do controle e da criminalização da sexualidade e da reprodução por parte dos governos e outros agentes
Mais publicações
Informes Anuais

A cada ano, um resumo do estado dos direitos humanos em centenas de países.

Saiba mais
Frentes de atuação

Descubra nossas formas de atuação e junte-se a nós na defesa dos direitos humanos!

Saiba mais