Na linha de fogo: direitos humanos e a crise da violência armada nos Estados Unidos

Região: Américas
País: Estados Unidos
relatório armas

O governo dos Estados Unidos permitiu que a violência armada se tornasse uma crise de direitos humanos, segundo o novo relatório da Anistia Internacional “In the Line of Fire: Human Rights and the U.S. Gun Violence Crisis” (em português “Na linha de fogo: direitos humanos e a crise da violência armada nos Estados Unidos”). O relatório investiga como todos os aspectos da vida foram de alguma maneira colocados em risco nos Estados Unidos pelo acesso irrestrito às armas, sem nenhuma tentativa significativa de regulação nacional.

MAIS RELATÓRIOS

Salvar vidas não é crime: Assédio politicamente motivado contra defensores de direitos humanos de pessoas migrantes

O governo dos EUA executou uma campanha de ameaças, assédio e investigações criminais ilícitas e politicamente motivadas contra defensores de direitos de pessoas migrantes na fronteira EUA-México.

Fome de Justiça: crimes contra a humanidade na Venezuela

Execuções extrajudiciais, detenções arbitrárias, mortes e ferimentos causados pelo uso excessivo da força fazem parte da lista de abusos do governo de Nicolás Maduro.

Relatório Anual da Pena de Morte 2018

Relatório da Anistia Internacional sobre a pena de morte em 2018 confirma que sua imposição e aplicação se limitam a uma minoria de países.
Mais publicações
Informes Anuais

A cada ano, um resumo do estado dos direitos humanos em centenas de países.

Saiba mais
Frentes de atuação

Descubra nossas formas de atuação e junte-se a nós na defesa dos direitos humanos!

Saiba mais