“Eles usam uma estratégia de medo.”

Região: Américas
País: Brasil
Policiais em ação na manifestação do dia 13/06/2013, em São Paulo. | ©Mídia Ninja

Os protestos de 2013, que começaram em São Paulo no mês de junho, adquiriram uma dimensão sem precedentes, quando centenas de milhares de pessoas participaram de extensas manifestações em dezenas de cidades de todo o país. A reação da polícia à onda de protestos de 2013 foi violenta e abusiva em muitas ocasiões. A polícia militar usou gás lacrimogêneo de forma indiscriminada contra os manifestantes, inclusive dentro de um hospital, atirou com balas de borracha em indivíduos que não apresentavam qualquer ameaça e espancou as pessoas com cassetetes. Centenas ficaram feridas, entre elas um fotógrafo que perdeu um olho depois de ser atingido por uma bala de borracha. Outras centenas foram encurraladas e detidas, algumas com base em leis de combate ao crime organizado, sem a menor indicação de que estivessem envolvidas com atividades criminosas.

*Leia a versão em inglês, espanhol ou francês aqui (English, Spanish or French).

MAIS RELATÓRIOS

Fome de Justiça: crimes contra a humanidade na Venezuela

Execuções extrajudiciais, detenções arbitrárias, mortes e ferimentos causados pelo uso excessivo da força fazem parte da lista de abusos do governo de Nicolás Maduro.

Relatório Anual da Pena de Morte 2018

Relatório da Anistia Internacional sobre a pena de morte em 2018 confirma que sua imposição e aplicação se limitam a uma minoria de países.

Leis Projetadas para Silenciar: A Repressão Global às Organizações da Sociedade Civil

Relatório lista 50 países onde leis contrárias às ONGs vêm sendo implementadas ou estão em vias de ser.
Mais publicações
Informes Anuais

A cada ano, um resumo do estado dos direitos humanos em centenas de países.

Saiba mais
Frentes de atuação

Descubra nossas formas de atuação e junte-se a nós na defesa dos direitos humanos!

Saiba mais