Irlanda, ela não é uma criminosa

Campanha: Meu Corpo, Meus Direitos
Região: Europa
País: Irlanda
Lupe, que carregou em seu corpo um feto sem pulsação durante 14 semanas, precisou viajar ao seu país de origem, Espanha, para receber tratamento médico adequado. | © Amnesty International / Eugene Langan

Ireland: She is not a criminal: The impact of Ireland’s abortion law

O resultado da legislação sobre o aborto na Irlanda é a violações dos direitos humanos fundamentais das mulheres e meninas. O país  tem uma das leis de aborto mais restritivas do mundo. Mulheres e meninas não podem legalmente ter um aborto na Irlanda a menos que haja um risco de sua vida. E mesmo que seja esse o caso, o acesso  ao procedimento é difícil. As barreiras e o estigma enfrentados pelas mulheres e meninas estão documentados neste relatório através de testemunhos pessoais que ilustram o impacto devastador e o efeito sufocante de criminalização permanente do aborto.

MAIS RELATÓRIOS

Fome de Justiça: crimes contra a humanidade na Venezuela

Execuções extrajudiciais, detenções arbitrárias, mortes e ferimentos causados pelo uso excessivo da força fazem parte da lista de abusos do governo de Nicolás Maduro.

Relatório Anual da Pena de Morte 2018

Relatório da Anistia Internacional sobre a pena de morte em 2018 confirma que sua imposição e aplicação se limitam a uma minoria de países.

Leis Projetadas para Silenciar: A Repressão Global às Organizações da Sociedade Civil

Relatório lista 50 países onde leis contrárias às ONGs vêm sendo implementadas ou estão em vias de ser.
Mais publicações
Informes Anuais

A cada ano, um resumo do estado dos direitos humanos em centenas de países.

Saiba mais
Frentes de atuação

Descubra nossas formas de atuação e junte-se a nós na defesa dos direitos humanos!

Saiba mais