“É possível reduzir, é possível revenir”: Conjunto de propostas para a redução de homicídios no Rio de Janeiro

Região: Américas
País: Brasil
intervenção

A agenda para prevenção e redução da violência letal no Rio de Janeiro foi organizado a partir de uma análise sobre o cenário de retrocessos na segurança pública do estado do Rio de Janeiro, e como se contrapor a este quadro visando reduzir as mortes intencionais violentas.  A proposta está baseada nos seguintes eixos: desmilitarização das políticas de segurança pública; redução de confrontos armados e ênfase na atuação investigativa da polícia; redução da letalidade policial e fim das execuções extrajudiciais; maior controle de armas e munições; e protagonismo dos municípios na prevenção da violência.

A Agenda Rio pela Redução de Homicídios – É possível reduzir, é possível prevenir” é coordenada pelo ISER e assinada também pelo CESeC – Centro de Estudos de Segurança e Cidadania, Casa Fluminense, Observatório de Favelas, Fórum Grita Baixada, Laboratorio de Análise da Violência e NEEIPP-UFF. A iniciativa tem apoio da Anistia Internacional Brasil e da Open Society Foundations.

MAIS RELATÓRIOS

Leis Projetadas para Silenciar: A Repressão Global às Organizações da Sociedade Civil

Relatório lista 50 países onde leis contrárias às ONGs vêm sendo implementadas ou estão em vias de ser.

O labirinto do caso Marielle Franco e as perguntas que as autoridades devem responder

Anistia Internacional divulga novo levantamento reunindo informações veiculadas publicamente sobre o caso Marielle Franco que indicam possíveis incoerências e contradições no decorrer das investigaçõe

Reality Check: O estado dos direitos de trabalhadores migrantes faltando menos de quatro anos para a Copa do Mundo do Catar em 2022

Faltando menos de quatro anos para a Copa do Mundo de 2022, autoridades do Catar correm o risco de não cumprir a promessa de combater a exploração de milhares de trabalhadores migrantes
Mais publicações
Informes Anuais

A cada ano, um resumo do estado dos direitos humanos em centenas de países.

Saiba mais
Frentes de atuação

Descubra nossas formas de atuação e junte-se a nós na defesa dos direitos humanos!

Saiba mais