Ataques letais mas evitáveis: assassinatos e desaparecimentos forçados daqueles que defendem direitos humanos

Região: Global

O presente relatório aborda as mais graves violações contra os defensores dos direitos humanos: assassinatos e desaparecimentos forçados. Algumas pessoas são atacadas porque se colocam contra poderosos agentes que violam os direitos humanos. Outras são atacadas pelo que são e pelo que fazem, como as que defendem os direitos das mulheres, de lésbicas, gays, bissexuais, transgêneros e intersexuais, de populações indígenas e grupos minoritários. Outras são atacadas durante conflitos, ou onde comunidades estão sob o domínio do crime organizado e da repressão violenta.

MAIS RELATÓRIOS

O custo da cura: direitos dos profissionais de saúde nas Américas durante a pandemia da COVID-19 e depois

Relatório documenta como profissionais na linha de frente da pandemia geralmente trabalham em condições inseguras.

Os Estados do mundo inteiro devem proteger defensores e defensoras de direitos humanos

Defensores e defensoras de direitos humanos são mais importantes do que nunca na nossa luta para vencer a pandemia da COVID-19 e assegurar que ninguém fique para trás.

Relatório Anual: Pena de Morte em 2019

Relatório da Anistia Internacional sobre a pena de morte em 2019 apresenta uma revisão global no tema.
Mais publicações
Informes Anuais

A cada ano, um resumo do estado dos direitos humanos em centenas de países.

Saiba mais
Frentes de atuação

Descubra nossas formas de atuação e junte-se a nós na defesa dos direitos humanos!

Saiba mais