Determinação e resistência: cúpula marca os 20 anos da Declaração de Defensores de Direitos Humanos

Guadalupe Marengo
Chefe do Programa Global de Defensores de Direitos Humanos

VER TODOS OS POSTS    

Tags: ,

Por Guadalupe Marengo, Chefe do Programa Global de Defensores de Direitos Humanos. em 23 de julho de 2018

Tenho o prazer de anunciar que juntamente com a AWID (Associação pelos Direitos das Mulheres e o Desenvolvimento), ISHR (Serviço Internacional para Direitos Humanos), ProtectDefenders.eu e seus membros da diretoria, FIDH (Federação Internacional de Direitos Humanos), Front Line Defenders, Repórteres sem Fronteiras e OMCT (Organização Mundial Contra a Tortura), estaremos promovendo a segunda Cúpula Mundial de Defensores de Direitos Humanos 2018, nos dias 29, 30 e 31 de outubro em Paris. A cúpula reunirá dezenas de defensoras e defensores de direitos humanos de todo o mundo para três dias de reuniões, painéis de discussão, networking e workshops. Teremos a oportunidade de nos conectar, trabalhar e debater juntos e nos engajar com líderes globais de governos, das Nações Unidas e do setor privado.

.

Vinte anos atrás, realizamos a primeira Cúpula Mundial de Defensores de Direitos Humanos em Paris para celebrar a adoção por consenso da Declaração da ONU sobre Defensores de Direitos Humanos. Neste 20º aniversário, celebraremos o que foi alcançado desde que a comunidade internacional decidiu que reconhecer e proteger os defensores dos direitos humanos era fundamental para garantir que todos, em toda parte, desfrutassem de seus direitos humanos.

.

Também discutiremos e proporemos o que precisa ser feito para as próximas décadas. Os direitos humanos estão em uma encruzilhada. Em vez de cumprir seus compromissos de proteger e promover os direitos humanos e aqueles que os defendem, os governos estão dando as costas à solidariedade e à justiça. Alguns líderes até se orgulham de violar os direitos humanos e estão combatendo abertamente aqueles que ousam, com coragem, defender o que é certo. Como resultado, o movimento de defensoras e defensores de direitos humanos é hoje confrontado com perseguição e repressão em uma escala sem precedentes. Esta segunda Cúpula Mundial de Defensores de Direitos Humanos será uma oportunidade de ouro para discutir e propor o que é necessário ser feito para criar um ambiente mais propício aos direitos humanos em todo o mundo nas próximas décadas.

.

Enquanto os preparativos para a Cúpula estão em andamento, você pode conferir o site do evento. Você também pode curtir nossa página no Facebook ou nos seguir no Twitter para atualizações.

.

Dê uma olhada e descubra como você pode se envolver e fique de olho para atualizações.

.

Se você é um defensor ou defensora de direitos humanos e gostaria de fazer parte deste encontro internacional e construir as estratégias e ações para garantir que vivamos em um ambiente favorável aos direitos humanos para todos, inscreva-se aqui.

.

Estou ansiosa para compartilhar os resultados da Cúpula.

.

Guadalupe Marengo, Chefe do Programa Global de Defensores de Direitos Humanos

.

Saiba mais

Conheça a campanha BRAVE – CORAGEM

O que são Direitos Humanos?

Guadalupe Marengo
Chefe do Programa Global de Defensores de Direitos Humanos

VER TODOS OS POSTS    
Imprimir

Mais Posts

28 de junho de 2019 Anistia Internacional

O levantar da bandeira LGBTQI em Angola

Neste 28 de junho, ativista enumera avanços, como criminalização da discriminação, e desafios, como a inserção no mercado de trabalho, desta pauta no país

27 de junho de 2019 Anistia Internacional Tags: , ,

Direitos humanos são sobre pessoas, não sobre coisas

Confira o relato sobre aprendizados e experiências de jovens que participaram do V Encontro Nacional para Ativistas da Anistia Internacional Brasil

26 de junho de 2019 Anistia Internacional

Cinco ferramentas de tortura que precisamos banir

No Dia Internacional de Apoio às Vítimas da Tortura, listamos cinco ferramentas vendidas mundo afora e que já deveriam ter sido banidas
Ver todos os posts
Seja um Defensor
da Liberdade
Doe agora