13 de julho de 2017 Mônica Cunha

“Eu não luto por uma pessoa, eu luto por todos” MONICA CUNHA
“Meu filho Rafael da Silva Cunha foi assassinado no dia 5/12/2006, aos 20 anos. Mas minha militância não começou com a morte dele, e sim quando ele tinha 15 anos e foi cumprir medidas socioeducativas"

11 de julho de 2017 James Gomez

Um ano depois, Duterte ainda é um pesadelo para os direitos humanos FILIPINAS BLOGSPOT
"Os direitos humanos não me importam, pode acreditar", declara Duterte.

30 de novembro de 2016 Marcelle Decothé

4 formas rápidas de pedir justiça para o caso do menino Eduardo #JustiçaParaEduardo Foto: Daiene Mendes
Terezinha Maria de Jesus, mãe do Eduardo, continua mobilizada na luta por justiça pelo assassinato brutal de seu filho. Você tem o poder de fazer com que o caso não fique impune, em quatro passos.

28 de novembro de 2016 Lígia Batista

Cinco vidas interrompidas: um ano da Chacina de Costa Barros Jovem Negro Vivo
Um ano da chacina que deixou cicatrizes dolorosas na vida de cinco famílias. Cinco jovens negros foram brutalmente assassinados por policiais em Costa Barros

3 de outubro de 2016 Atila Roque

Chacina do Carandiru, o mal que persiste entre nós Prison conditions in Brazil
O Brasil completou, ontem, 24 anos da Chacina do Carandiru, brutal episódio de violação do direito à vida, quando policiais militares mataram, durante uma rebelião, 111 detentos do Pavilhão 9

27 de setembro de 2016 Erika Guevara Rosas

Passados dois anos, Peña Nieto não pode limpar a mancha de Ayotzinapa mexico_1
Esta semana faz dois anos do desaparecimento forçado de 43 alunos de uma escola rural no sul do México, após um encontro brutal com as forças de segurança

15 de agosto de 2016 Renata Neder

10 dias de Rio2016: um balanço da insegurança pública na cidade olímpica rio2016_interno
Passados 10 dias do início dos Jogos Olímpicos: a repetição de um padrão de violações e abusos por parte das forças de segurança e a ausência completa de uma cidade segura para todas as pessoas

10 de agosto de 2016 Atila Roque

Rio 2016, a militarização como legado IMG_6749_interno
O Estado declarou uma verdadeira guerra às favelas, em particular aos jovens negros. Segurança pública ainda não é tida como prioridade

4 de julho de 2016 Atila Roque

Assassinatos de jovens no Brasil: uma epidemia de indiferença PM violência padrão FIFA
De acordo com os dados coletados pela Ouvidoria das polícias de São Paulo, desde 2010 até o dia 27 de junho, foram 191 crianças e adolescentes de até 16 anos mortas pelas forças de segurança do maior

30 de junho de 2016 Rebeca Lerer

Rio desperdiçou chance de usar Jogos para criar novo pacto social Texto Rebeca
Hoje, a aproximadamente 40 dias para as Olimpíadas, o legado pré-olímpico no RJ acumula mais de 2,5 mil pessoas mortas pela polícia desde que a cidade se tornou oficialmente a anfitriã, em 2009.

Resultados

Conheça alguns dos casos de sucesso que foram trabalhados pela Anistia Internacional.

Saiba mais