Atila Roque
Diretor executivo da Anistia Internacional Brasil

3 de outubro de 2016

Chacina do Carandiru, o mal que persiste entre nós Prison conditions in Brazil
O Brasil completou, ontem, 24 anos da Chacina do Carandiru, brutal episódio de violação do direito à vida, quando policiais militares mataram, durante uma rebelião, 111 detentos do Pavilhão 9

10 de agosto de 2016

Rio 2016, a militarização como legado IMG_6749_interno
O Estado declarou uma verdadeira guerra às favelas, em particular aos jovens negros. Segurança pública ainda não é tida como prioridade

4 de julho de 2016

Assassinatos de jovens no Brasil: uma epidemia de indiferença PM violência padrão FIFA
De acordo com os dados coletados pela Ouvidoria das polícias de São Paulo, desde 2010 até o dia 27 de junho, foram 191 crianças e adolescentes de até 16 anos mortas pelas forças de segurança do maior

31 de março de 2016

O impeachment, as manifestações e as escolhas que espreitam o Brasil democracia
Em meio a tanta incerteza em relação aonde tudo isso vai nos levar, não posso deixar de celebrar o impulso cívico, mesmo insuflado, de quem se mobilizou para ir às ruas lutar por aquilo que acredita.

2 de março de 2016

A fabricação do medo: leis antiterror e a ameaça à democracia Manifestação na Maré | AF Rodrigues
A legislação de combate ao terror aprovada no Congresso brasileiro reflete a onda de insensatez que vem acometendo as democracias ocidentais.

13 de setembro de 2015

O novo êxodo ©Amnesty International
A crise de refugiados está longe de terminar. Sua solução definitiva só virá com o fim da guerra, não por meios militares, mas através de negociação política liderada pela ONU.

11 de agosto de 2015

Quando o Estado mata em nome da segurança Complexo da Maré, 2014.
Artigo de Atila Roque, diretor executivo da Anistia Internacional, publicado no Blog do Sakamoto.

15 de julho de 2015

Apesar de acordos internacionais, Brics não respeitam direitos humanos 11692484_1070637189647668_3219646988507267993_n
A cada cúpula anual, os Brics consolidam seu peso não apenas na agenda econômico-financeira, mas também, de modo crescente, seu protagonismo na disputa geopolítica.

12 de maio de 2015

Do progresso ao retrocesso: a discussão sobre redução da maioridade penal no Brasil "Ao reduzir a maioridade penal, o Estado e a sociedade brasileira mandam um sinal de que estariam desistindo de uma parcela de suas crianças e adolescentes " |© Amnesty International
"Ao reduzir a maioridade penal, o Estado e a sociedade brasileira mandam um sinal de que estariam desistindo de uma parcela de suas crianças e adolescentes"

22 de janeiro de 2015

Direitos humanos, utopia brasileira ©AF Rodrigues
Apesar dos avanços conquistados em termos de redução da pobreza extrema, continuamos a conviver com um déficit de justiça que compromete o futuro.

Resultados

Conheça alguns dos casos de sucesso que foram trabalhados pela Anistia Internacional.

Saiba mais