Foram encontrados 28 resultados para a busca "ana paula"
14 de setembro de 2018

Falta de solução para o assassinato de Marielle é inadmissível e o caso não pode ficar impune

Seis meses se passaram desde que a defensora de direitos humanos e vereadora Marielle Franco e o motorista Anderson Gomes foram brutalmente assassinados a tiros no bairro do Estácio, região central da cidade do Rio de Janeiro, no dia 14 de março deste ano. A cada dia que passa, aumenta a preocupação com a ausência de respostas sobre os autores, os mandantes e a motivação do assassinato de Marielle...
14 de agosto de 2018

5 meses sem Marielle: investigação não pode ser negligenciada com início de campanhas eleitorais no Brasil

Às vésperas do início do período de campanha eleitoral e após cinco meses da execução da defensora de direitos humanos e vereadora Marielle Franco, o crime segue sem respostas . No dia 14 de março de 2018, a defensora de direitos humanos e vereadora do Rio de Janeiro, Marielle Franco, e seu motorista, Anderson Gomes, foram brutalmente executados no bairro do Estácio, região central do Rio...
20 de julho de 2018

Arte como ferramenta de luta e resistência

Por Laura Escheberger, ativista do grupo Porto Alegre No dia 14 de junho, quando completavam-se quatro meses sem respostas sobre do assassinato de Marielle, o grupo de ativismo de Porto Alegre organizou uma oficina de Grafitti no Barracão, coração de Villa Cruzeiro, em homenagem à defensora. O evento aconteceu no Grupo Arte e Expressão do Negro (GADEN), onde são realizadas oficinas com crianças...
12 de julho de 2018

“Credibilidade do sistema de Justiça Criminal está em xeque”, afirma Anistia Internacional sobre o caso Marielle Franco

Às vésperas de completar quatro meses da execução da defensora de direitos humanos e vereadora Marielle Franco e de seu motorista Anderson Gomes, assassinados no dia 14 de março de 2018, o caso permanece sem solução. . “Após quatro meses, a não resolução do assassinato de Marielle Franco demonstra ineficácia, incompetência e falta de vontade das instituições do Sistema de Justiça...
13 de junho de 2018

3 meses sem Marielle: silêncio das autoridades é interrompido por ‘barulhaço’

Neste quarta-feira, 13 de junho, a Anistia Internacional realizou um #BarulhaçoPorMarielle em frente ao Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro (MPRJ) para marcar os três meses de silêncio das autoridades sobre o caso. Até hoje não temos uma resposta sobre quem matou e quem mandou matar a defensora de direitos humanos e vereadora Marielle Franco. O assassinato de um defensor ou uma defensora...

Anistia Internacional exige atuação estratégica do Ministério Público no caso Marielle Franco

Caso completa três meses sem solução: “Grupos especializados do MP devem agir no caso” . Há três meses não há respostas sobre o que levou ao assassinato da defensora de direitos humanos, Marielle Franco, e seu motorista Anderson Gomes. O Ministério Público do Rio de Janeiro deve atuar estrategicamente no caso, com a participação do Grupo de Atuação Especializada em Segurança Pública...
12 de junho de 2018

Nenhum passo atrás no direito de amar

Por Mônica Benício, viúva da defensora de direitos humanos e vereadora Marielle Franco. “As rosas da resistência nascem do asfalto. A gente recebe rosas, mas estaremos de punho cerrado, falando do nosso lugar de existência contra os mandos e desmandos que afetam nossas vidas". Assim minha companheira Marielle Franco se pronunciou em plenário na Câmara Municipal do Rio de Janeiro no dia 8...
15 de maio de 2018

“Oi, eu me chamo Marielle”

Publicado originalmente em Revista Marie Claire, 14/05/2018 Por Ana Paula Gomes de Oliveira, do grupo Mães de Manguinhos No dia 14 de maio de 2014, meu filho Johnatha de Oliveira Lima, foi assassinado por um policial da Unidade de Polícia Pacificadora de Manguinhos, no Rio de Janeiro. Logo depois da morte do meu filho, recebi uma ligação de uma mulher se identificando como Marielle. Eu não...
16 de março de 2018

Jamaica: meio milhão de pessoas apoiam campanha da Anistia Internacional para acabar com a impunidade de homicídios policiais

Acompanhada por parentes de pessoas mortas pela polícia nas Américas, a Anistia Internacional entregou, nesta quinta-feira (15), 64.331 cartas e assinaturas ao gabinete do primeiro-ministro jamaicano, Andrew Holness, como parte da campanha que gerou 500 mil ações exigindo que seu governo proteja as famílias das vítimas contra intimidação e ameaças e garanta justiça aos casos. . "Dezenas...
13 de março de 2018

Uma jornada por justiça nas Américas: a luta pelo fim da impunidade dos homicídios cometidos pela polícia

Um grupo de mulheres negras da Jamaica, Brasil e EUA, que lutam por justiça em seus respectivos países depois que familiares foram mortos pela polícia, e uma delegação da Anistia Internacional estão na Jamaica para uma agenda de mobilização entre os dias 13 e 15 de março. . Participam das atividades Ana Paula Oliveira, moradora de Manguinhos, que, em maio de 2014, teve seu filho Johnatan,...
Ver mais resultados de busca