O blog da Anistia traz comentários e análises sobre as questões direito humanos no país e no mundo.

Trabalhadores da construção civil de Bangladesh fazer uma pausa em Doha, no Qatar.
Veja mais um relato de quem acompanha de perto a situação dos trabalhadores migrantes do Qatar. Violação de direitos humanos e trabalhistas nas obras do Mundial de 2022.
Pelo menos 20 pessoas morreram no ataque e outras dezenas ficaram feridas quando a escola gerida pelas Nações Unidas foi bombardeada na madrugada de 29 para 30 de julho.
Pelo menos 20 pessoas morreram no ataque e outras dezenas ficaram feridas quando a escola gerida pelas Nações Unidas foi bombardeada na madrugada de 29 para 30 de julho, apesar das coordenadas do edifício terem sido comunicadas ao Exército de Israel 17 vezes.
Chelsea Manning passou o último ano como uma criminosa condenada por expor informações que incluiam provas de possíveis violações de direitos humanos.
Ao divulgar informações confidenciais através do WikiLeaks, Manning deu conhecimento ao mundo de abusos cometidos pelo exército norte-americano, militares contratados e tropas iraquianas e afegãs que lutavam junto com as forças norte-americanas.
O relato de um defensor dos direitos humanos sobre o dia-a-dia de quem vive em meio aos bombardeios de Gaza.
Ataques aéreos em Gaza no dia 22 de julho de 2014.
Confira o posicionamento da Anistia Internacional sobre o conflito que começou no dia 8 de julho, entre o Estado de Israel e a Palestina.
Ministério da Justiça russo inscreveu como “agentes estrangeiros” outras quatro organizações de direitos humanos e um grupo ecológico do país.
Joseph Wood foi considerado morto uma hora e 54 minutos após ter tomado a injeção letal.
Joseph Wood foi declarado morto, às 15h49, uma hora e 54 minutos depois de ter sido dada a injeção letal.
Comunidades em toda Serra Leoa adotam um enfoque inovador para pôr fim a esta brutal prática.
Enquanto em Londres ativistas se reúnem para debater estratégias para abordar a mutilação genital feminina, comunidades em toda Serra Leoa adotam um novo método para pôr fim a esta brutal prática.
Liliana Nuel e sua família
Conheça a história da família Nuel, descendentes de haitianos que buscam a nacionalidade da República Dominicana representam uma realidade social do país.
Suiá Dylan, ativista da Anistia Internacional, em ação de lançamento da campanha '50 dias contra impunidade'.
Vaga para Auxiliar de Relacionamento com Doador (Diálogo Direto), na sede na Anistia Internacional Brasil, no Rio de Janeiro.
Email
Informe Anual 2013

O Informe 2013 da Anistia Internacional revela um mundo em que as pessoas continuam desafiando a opressão mesmo diante do poderoso arsenal de medidas repressivas mobilizado contra elas.

Selecione um informe do país